Estava Contigo esqueci-me de mim

Sabe-se bem que qualquer que seja a tua motivação

A última, é e será sempre Amar mais e melhor.



O Amor é assim...

Algo que se dilui em pequeninos actos cheios de simplicidade.



Se...amanhã for diferente de hoje

Eu serei sempre eu

Sonharei sempre

Pensarei sempre

Terei sempre asas

Caminharei sempre convosco.



Mesmo se a minha realidade for diferente da vossa sabei que

Temos muitos pontos em comum e que as realidades são sempre o que quizermos

Obrigada e sejam felizes todos vós

Utilia

quarta-feira, 20 de julho de 2011

AQUELA BARCA...

Acordei na tempestade daquela noite,
Condenada a descer ao poço do meu intento.
Temi as nuvens do horizonte...
Aceitei a breve evidência do evento.

Será certo a madrugada?

Revelando o epitáfio secreto, nas ondas rebeldes do mar.
Levantaram-se na espuma branca
As verdades do meu pesarem. 
Toldo a pena da saudade...Escrevo...

Remos brancos na praia do silêncio...
Fazem chegar a barca da alvorada.
E o sofrimento nas pedras da cegueira
Arrastam a dor, na água enlutada.

Tantos segredos que a minha alma atravessa sem ninguém.

As lágrimas escurecem os meus olhos
Juntando-me ao grande Mar. 
Faltam apenas duas gotas, essas ficam para recordar....
Praia deserta... areia fina. O pôr-do-sol


Assim o fim sem fim, entrou no grande Oceano

Utilia Ferrão

6 comentários:

  1. De vez em quando uma tempestade se abate sobre a barca. Temos de improvisar e procurar endireitá-la até porto seguro.

    Beijinhos amiga Utilia.

    ResponderEliminar
  2. Passei pra fazer uma visita e conhecer o seu blog. Gostei muito e estarei te seguindo pra voltar sempre que possível. Sobre o seu post. Seu poema é lindíssimo. Um primor.Na nossa vida sempre encontramos uma tempestade que tenta nós derrubar de nosso barco. mas sempre a força e a fé nós coloca de novo na direção do rumo certo.Deixo um beijo grande , e desejo de um ótimo fim de semana. Smareis

    ResponderEliminar
  3. Não quero ser repetitiva,mas,vim zapeando e cheguei até aqui.
    Gostei muito. bjs

    ResponderEliminar
  4. "Tantos segredos que minha alma atravessa sem ninguém"
    Apertou-se-me o coração ao ler a frase que vai acima.
    Bjinhos Utília

    ResponderEliminar
  5. Senti nos pés o pulsar da ilha
    Um farol avisa o longe do perto
    A lava encoberta na costa dormente
    Sete rumos e apenas um certo

    Neste Mar senti a vontade de prantear
    A nudez da noite no encontro do silêncio total
    Encobriu meu pranto das estrelas
    Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

    Mágico beijo

    ResponderEliminar